Sobre o Futuro da Ally

Ir em baixo

Sobre o Futuro da Ally

Mensagem  condebbononi em Ter Ago 16, 2011 10:39 pm

Olá Marujos.

Como muito de vocês estão acompanhando, há recentemente na nossa Aliança uma grande discussão acerca do futuro da mesma e principalmente do futuro de jogadores que, aparentemente, não estão correspondendo com o que a Ally espera deles.
Eu, na qualidade de Premier da Piratas, bem como a pedido de colegas, decide expor as minhas opiniões aqui em nosso Fórum.

Apesar do aspecto negativo de que qualquer pessoa pode ler o que deveria ser produção interna da Ally (fica aqui minha sugestão para mudar esta característica de nosso Fórum, coisa que o Metaphored já se disponibilizou a fazer), creio que os aspectcos positivos mais do que compensam: acessível a todos os Piratas (que possuam interesse para tanto), maior espaço para expor e organizar os escritos, não se perdem com a enchurrada de MCs diárias, e principalmente não desaparecem dos servidor em 2/3 dias.

Sem mais delongas, o que eu espero do futuro de nossa Ally:

- Há um conseso razoavelmetne claro do que a Ally quer para si no futuro: crescer.
[O OGame é um jogo, e portanto um lugar para diversão, entreterimento, se esquecer dos problemas diários. Mas difirentemente de qualquer outro jogo online que eu já tenha jogado, aqui dentro as pessoas levam muito a sério o próprio jogo. Há uma cultura de competição, rivalidade e compremetimento que não podem ser desprezadas. E nossa Aliança se insere um pouco neste contexto.]
Queremos crescer no rank, queremos crescer como jogadores, queremos mais respeito perantes outras Allys/jogadores, queremos mais respeito no Fórum. Considero estas intenções totalmente válidas.

- Há também um consenso bastante claro de que a Ally não quer ser um lugar excludente.
Diferentemente de outras Allys não queremos ser um apanhado pequeno de vários TOPs. Somos uma Aliança meio italiana em diversos sentidos: grande, fraternal, mais sentimental do que racional, sem um comando linha dura, onde muitos se expressam em alto e bom som. Principalmente somos uma Ally que é receptiva aos novatos: ajudamos, ensinamos como funciona o OGame pra valer, ajudamos no desenvolvimento.

Aí que mora nossa problema: como ser uma Ally grande, de certa forma acolhedora, que ensina aos novatos como se jogar o jogo, mas que quer ao mesmo tempo crescer, se impor, subir no rank e ser respeitada no Fórum?

Posto tudo isso em escrito, minhas singelas sugestões à Piratas para trilharmos mares mais calmos em nosso desenvolvimento:

* Retornar com a antiga Recrutas. Uma Ally com 40 membros em média, que quer ensinar seus jogadores a crescer não pode se dar ao luxo de não manter uma Rec. Lá é que jogadores realmente novatos aprenderão sobre e com o jogo. Lá ficariam até um teto de pontos X. Mas sem muita pressão. Vejo a Rec omo um estágio: lugar para alguém sem experiência adquiri-la. E a pessoas sem experiência não podem ser imputadas pressões e cobranças de desempenho de quem já possui mais conhecimento. Tomar HoF, fazer ataque sem planejamento, investir errado, tudo seria permitido numa Rec. Lá seria de fato uma lugar para se aprender, ainda que errando. Caso a pessoa insista no erro, continuará na Rec, só isso.

* Após ascender a Ally principal, aí a coisa mudaria de figura. Aí seria jogo de gente grande. Regras seriam CLARAMENTE impostas e desobediências seriam punidas. Regras gerais que na minha opinião seriam convenientes:

I) Haveria um limite de 2 HoFs tomados num período de 3 meses, por motivos fúteis, antes de expulsão para a Rec. Vale mencionar o seguinte:
  1. Falo apenas de HoFs, e não de ataques em sentido mais amplo pois de certa forma "o que o Fórum não vê, o OGame não sente". Isto não é 100% verdade, mas consideremos como se fosse.
  2. Esta regra vale para HoFs por motivos apenas fúteis, tais como errar no fleet de forma bisonha, deixar frota parada, atacar sem simular ou observar a vítima. Em outras palavras, levar um HoF por culpa inteiramente SUA.
  3. Colocar a questão do período é interessante pois não seria muito sensato expulsar um membro para a Rec pois ele tomou bobo, e depois de mais de 2 anos levou outro ninja bobo. =)
  4. Regra para retorno a Ally principal a ser definida, algo comoum tempo mínimo de permanência na Rec.


II) Haveria um limite de 3 HoFs tomados num período de 5 meses, por motivos adeversos. antes de expulsão para a Rec.
  1. Aqui entra o imprevisto da vida out game. Trânsito maluco, queda de energia elétrica, perda de conexão com a NET, doenças, zicas no serviço, etc.
  2. Além de situações do jogo que não foram propriamente culpa do jogador: levar um ninja elaborado, ser pego num fleet correto, etc.


III) Inatividade apartir de 7 dias, o que já mostraria a jogadores de fora de Ally, expulsão para a Rec.

IV) Caso um jogador seja expulso para a Rec, retorne a principal e volte a fazer algo que o leve a ser expulso para a Rec novamente, daí seria expulsão da Piratas como um todo. Principal e Rec.


Basicamente isto. Para finalizar, gostaria de deixar coisa clara:
A Ally sempre me pareceu aberta a jogadores de todos os perfis, o que me parece correto. Mineiro, bunker, froteiro, enfim. O ponto é que cada um precisa saber os limites de cada estilo. Froteiro precisa perder mais horas aqui dentro cuidando de fleet e retornos de ataque. Mineiro não pode fazer muita frota se não souber cuidar. Bunker não pode deixar muitos recursos parados atrás de defesa. Assim por diante.
Ninguém é obrigado a fazer HoF ou não tomar um. Tudo o que queremos é comprometimento, dentro do que cada um pode disponibilizar para o jogo. Se a pessoa não quer se comprometer, ela não é obrigada a integrar nossa Ally.

Abraços meus caros.





avatar
condebbononi

Mensagens : 3
Data de inscrição : 09/08/2010
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum